TESTE2 Backdoors são uma ameaça ao Estado na Segurança Cibernética - Brasscom


A segurança cibernética vai além da área de TIC, uma vez que ela fala de qualquer dado de controle, sustenta o o cientista-chefe da empresa brasileira, Kryptus, e conselheiro fiscal da Abimde, Roberto Gallo.
Em uma participação por telefone, já que estava fora do país durante o Seminário de Políticas Públicas & Negócios, realizado pela Brasscom, nos dias 30 e 31 de março, Gallo deixou claro que Defesa exige investimentos em Segurança. “É uma questão de proteção de Estado”, disse.
omo exemplo, o executivo falou do celular que a presidente da República precisava usar para falar ao telefone de forma segura. “É certo que precisa um controle, uma vez que pode criar um problema para o Estado”. Gallo também falou sobre os backdoors e como impedir que dados estratégicos vazem. Assistam a participação de Roberto Gallo.

 

Convergência Digital