TESTE2 Brasscom é nomeada para Conselho Nacional de Desenvolvimento Industrial - Brasscom

Primeira reunião entre as entidades está prevista para ocorrer no início de julho 

A Brasscom – Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e de Tecnologias Digitais – foi uma das entidades convidadas para participar da retomada do Conselho Nacional de Desenvolvimento Industrial (CNDI), iniciativa do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC) para o desenvolvimento econômico do país. O Presidente-Executivo, Affonso Nina, foi o indicado pela Brasscom como representante, atuando como Conselheiro. 

O CNDI é responsável por formular políticas e diretrizes que promovam a competitividade e a modernização da indústria. Entre as missões apontadas pelo Comitê Executivo do CNDI, estão sete a serem traçadas para impulsionar a atividade industrial: 

  • Cadeias agroindustriais sustentáveis e digitais para erradicar a fome. 
  • Complexo da saúde resiliente para a prevenção e o tratamento de doenças. 
  • Infraestrutura sustentável para a integração produtiva. 
  • Transformação digital da indústria. 
  • Descarbonização da Indústria, viabilização da transição energética e bioeconomia. 
  • Tecnologias críticas para a soberania e a defesa nacionais. 
  • Moradia e mobilidade sustentáveis para o bem-estar nas grandes cidades. 

Atualmente, a Brasscom reúne as principais empresas brasileiras do setor de tecnologia e tem desempenhado um importante papel no impulsionamento e desenvolvimento da economia digital – atuando pela capacitação de pessoas e incentivo à educação digital. Sua inclusão ao Conselho fortalece ainda mais a capacidade de influenciar políticas públicas e contribuir para a promoção da inovação, competitividade e transformação. 

Segundo Affonso Nina, “o CNDI terá um papel fundamental para desenhar políticas públicas que impulsionem o desenvolvimento industrial do Brasil. E a TIC (Tecnologia da Informação e Comunicação) é cada vez mais fundamental nesse processo, permeando todos os setores de atividade econômica. Por isso, a Brasscom está muito honrada pela nomeação e por poder participar ativamente desse debate”. 

A primeira reunião com as entidades será no início do mês de julho e a previsão é que os encontros sejam semestrais. Junto à Brasscom, estão: a Anfavea, Abia, Abiquim, Grupo FarmaBrasil, Abiplast, CBIC, Abdib, Abinee, IEDI, Abisemi, P&D Brasil, Abimaq, Embraer, Abicalçados, Unica, CUT, Força Sindical, UGT, CNI, Ibram e Instituto Aço Brasil, além dos ministérios da Casa Civil, Secretaria Geral da Presidência, Ciência, Tecnologia e Inovação, Fazenda, Relações Exteriores, Planejamento e Orçamento, Integração e Desenvolvimento Regional, Meio Ambiente e Mudança do Clima, Minas e Energia, Agricultura e Pecuária, Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar, Trabalho e Emprego, Saúde, MEC, Defesa, Portos e Aeroportos, Comunicações, Gestão e Inovação em Serviços Públicos e o BNDES. 

  

Sobre a Brasscom   

A Brasscom – Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e de Tecnologias Digitais – é uma entidade sem fins lucrativos de representatividade nacional que congrega dezenas das maiores, mais dinâmicas e inovadoras empresas de TIC alinhadas com a Era Digital. A entidade atua para defender e promover o desenvolvimento do Macrossetor de TIC e de tecnologias digitais, em prol de um País Digital, Conectado e Inovador. 

  

Assessoria de Imprensa:  

Michael Rios | (11) 99162-5347 

michael.rios@brasscom.org.br