LinkedIn

Temer: “Brasil deve manter relações com todos os países”

Em evento com empresários da indústria, presidente em exercício fala em diversificar parcerias e reforça que País não focará relação “com este ou aquele bloco”

Durante reunião com o Comitê de Líderes da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI), realizada nesta sexta-feira (8), o presidente em exercício, Michel Temer, afirmou que o Brasil deve universalizar suas relações externas de modo a potencializar o intercâmbio de ideias e ações com países que mantenham “projetos inovadores.”

“Não podemos centralizar ou focar a nossa relação com este ou aquele bloco, com este ou aquele país, mas, diferentemente, fazer com que o País seja universalizado, no sentido de manter relações com todos os países”, disse Temer no encontro, que ocorreu na sede da Confederação Nacional da Indústria (CNI), e contou com cerca de 100 empresários.

Temer citou, ainda, a proposta do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, Gilberto Kassab, de criar uma célula especial na Pasta para aumentar parcerias entre o Brasil e entidades estrangeiras dedicadas à inovação.

O presidente destacou a importância do incentivo à inovação como política de Estado. “A palavra inovar não tem um sentido estático, tem um sentido dinâmico, de movimento. Neste sentido, inovar é algo importante para o País. Na economia, no emprego, na tecnologia, na educação, na saúde. Inovar é uma coisa fundamental, principalmente no momento em que vivemos”, reforçou o presidente em exercício.

 

Palácio do Planalto, Presidência da República



X